Postado por: Marcelo Herondino Cardoso janeiro 12, 2011

Na semana que antecede a estreia avaiana na primeira competição oficial de 2011 (só pra lembrar, nesse ano serão o Catarinense, a Copa do Brasil e a Série A), me permito fazer um exercício de futurologia e prever 5 alegrias e 5 decepções que aguardam o torcedor azurra (em tempo, tomara que eu acerte apenas as alegrias...):

ALEGRIAS (em ordem de importância, a maior alegria é a número 1):

5) Rafael Coelho: Essa é só pra provocar meu amigo Gérson, do Avaixonados. Superando as desconfianças, o novo ídolo avaiano será carregado nos braços da torcida, após fazer o gol que rebaixará nosso rival (veja item 1);

4) Jandson: Já confirmado, nos deu a primeira alegria do ano ao ser emprestado para o Prudente. Vai com Deus, meu filho!

3) Tricampeonato Catarinense: Vamos recuperar a hegemonia, sendo novamente o mais vezes campeão estadual de forma isolada.

2) Vaga na Libertadores 2012: com uma campanha memorável, comandada pelo maestro Marquinhos Santos e pelo canhotinha de ouro Estrada, o Avaí mais uma vez surpreenderá o Brasil ao conquistar uma vaga na Libertadores. Só não sei ainda se será ficando entre os três primeiros do Brasileirão ou sendo campeão da Copa do Brasil...

1) Rebaixamento do "outro time": Pra coroar o ano, a cereja do bolo. No segundo clássico pela Série A, um gol de Rafael Coelho já nos acréscimos rebaixará matematicamente o time das letras para a Série B de 2012. Sairemos da Ressacada carregando o "matador", enquanto a torcida modinha do outro lado chora mais uma vez...

DECEPÇÕES (em ordem de importância, a maior decepção é a número 1):

5) Medina: a eterna promessa volta ao Avaí, é elogiada pelos "entendidos" de futebol, faz uma fumacinha aqui, outra ali... e morre na casca como todo ano;

4) Duplicação da Diomício Freitas: após mais uma série de promessas e discursos eleitoreiros, a torcida avaiana vai amargar mais um ano de filas, embargos ambientais e discursos vazios com o célebre "agora vai!";

3) Rafael Costa: nem chega a ser uma decepção, se levarmos em conta que "de onde não se espera nada, é que não sai nada mesmo". O craque-revelação, artilheiro de amistosos e jogos-treino vai perder mais um balaio de gols feitos, vai ser xingado pela torcida, vai ser usado como salvação em alguns jogos e terminará o ano no ostracismo... exatamente como em 2010!

2) Público na Ressacada: mais uma vez, teremos a "Bombonera" às moscas, esvaziada pela "socialização dos custos", salvo algum acidente de percurso forçar a Diretoria a promover preços populares para que os mesmos bobocas de 2010 encham o estádio e salvem o time. Como o elenco é bom e isso não vai acontecer, teremos um dos mais belos estádios do país quase vazio, jogo após jogo;

1) Wagner Benazzi: Vai escalar errado, mexer errado, falar na hora errada e fugir da responsabilidade. Tudo como sempre foi. Será mandado embora ainda a tempo de salvarmos o ano e ganhar o Catarinense.

E você, torcedor? Concorda com minha lista? Mudaria alguma coisa? Dê sua opinião nos comentários!

Sistema de comentários Disqus

- Copyright © vidAvaí - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -