Postado por: Marcelo Herondino Cardoso março 03, 2010

"Efeito Borboleta" é um termo que tem relação com a Teoria do Caos. Segundo a Wikipédia, uma alegoria comum para essa teoria é: "o bater das asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo". Em outras palavras, um acontecimento aparentemente insignificante pode ter consequências imprevistas. Há inclusive um ou dois filmes sobre o assunto.

Muito bem, e onde quero chegar com esse papo? Simples: na segunda rodada do turno do campeonato catarinense, fomos jogar contra o Juventus em Jaraguá do Sul. Na época, com time B, o empate foi considerado um bom resultado, já que os reservas estariam "entregando" quatro pontos para o time principal estrear na rodada seguinte.

Pois bem, um acontecimento insignificante, mas que mostrou suas consequências depois. Por causa desse empate, o Avaí teve que decidir o turno na Arena Joinville e o final todos sabemos. Não estou dizendo que venceríamos se o jogo fosse na Ressacada, mas as chances seriam bem maiores. O pobre Juventus conseguiu apenas dois pontos no turno: esse contra o Avaí e outro na última rodada, contra o Atlético-IB, que tirou dos atleticanos a chance de ficar em segundo e decidir a semifinal em casa, onde haviam goleado o Avaí poucos dias antes. Como resultado, levaram uma sapatada em Florianópolis e foram eliminados.

Vou mais longe: SE tivéssemos vencido o fraquíssimo Juventus lá, nossas chances de ganhar o turno seriam maiores. Poderíamos poupar jogadores no returno, poderíamos preparar melhor o grupo para a Copa do Brasil, onde um dos possíveis adversários futuros é o Grêmio, de Paulo Silas. Esse mesmo Grêmio venceu o turno do campeonato gaúcho e pode se dar ao luxo de poupar o time para a Copa do Brasil. Já o Avaí, graças àquele empatezinho sem vergonha em Jaraguá, não pode...

Pra terminar, o alerta que quero deixar: nunca subestime qualquer partida, por mais fraco que seja o adversário ou insignificante que seja o jogo. Lá na frente, uma vitoriazinha aqui ou um golzinho a mais de saldo ali podem - e vão - fazer a diferença. Amanhã, receberemos o Juventus na Ressacada. Se a lição foi bem aprendida, é dia de vencer e bem, atacando e se esforçando até o último minuto de jogo, sob pena de vermos um novo "efeito borboleta" pelos lados do sul da ilha.

Sistema de comentários Disqus

- Copyright © vidAvaí - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -